10 atrações imperdíveis no Rio de Janeiro pelo olhar da carioca Diana Schrok

Foto | Valter Patrial

Nada melhor que conhecer uma cidade pelo olhar de quem mora nela, por isso convidamos a Diana Schrok do Histórias da Di para contar sobre 10 atrações na cidade carioca para quem não quer perder um detalhe da cidade maravilhosa.

texto e fotos por Diana Schrok

Quando alguém me pede para escrever sobre o Rio de Janeiro, já abro logo um sorriso no rosto! Escrever sobre a minha cidade natal, a cidade Maravilhosa, não tem preço…

É verdade que temos tido diversos problemas no Brasil, e no Rio não está sendo diferente, a questão de segurança está complicada. Entretanto, o nosso amor pela cidade não diminui, porque morando no Rio de Janeiro é possível turistar todos os dias, como diz a minha amiga Lu (instagram: @aventurasdalu).

Bem então vamos às dicas da Di, para você aproveitar o Rio ao máximo!

.

1 | Assistir ao Pôr do Sol

O espetáculo do pôr do sol no Rio de Janeiro é um momento mágico! E são tantos lugares lindos de onde é possível apreciar a magia…

Vão aqui alguns locais que recomendo, mas a sua busca é livre, se divirta!

– Pão de Açúcar

Rio de Janeiro visto do Pão de Açúcar

Pôr do sol visto do Pão de Açúcar, haja coração!

  • Arpoador, Ipanema e Leblon

Rio de Janeiro

Porque Tom Jobim também é filho de Deus né!

Ipanema

Mais um dia que acaba em Ipanema

– Lagoa Rodrigo de Freitas

Lagoa Rodrigo de Freitas

Pôr do sol visto da Lagoa próximo ao Restaurante Palaphita Kitch

Urca

Pobreta da Urca já lotada, todos já tomando sua cerveja gelada, jogando conversa fora e aguardando o tão esperado momento

Cerveja na Urca

Com boa cerveja gelada o momento fica ainda melhor

Urca

A energia do momento, muitas pessoas juntas e curtindo o momento

Urca

Cena típica da Urca, com pescador em sua embarcação, diversos barcos parados, o Cristo ao fundo e o sol se pondo

.

2 | Pedalar na orla domingos e feriados

Os cariocas amam praticar atividades físicas, caminhar ou simplesmente se sentar em um quiosque e tomar um chopp gelado, poder admirar o mar e o movimento na orla das praias.

Orla do Rio de Janeiro

Movimento da orla

Spritz

Eu gosto mesmo é de tomar Spritz

A rua mais próxima das praias fica fechada nos domingos e feriados e a orla vira uma festa. Cheia de crianças, cachorros, casais, pessoas de todas as idades… Patinando, andando de skate, patinando, passeando com seus cachorros, pedalando, correndo, caminhando, namorando, enfim, vivendo! A rua que normalmente durante a semana fica lotada de carros, no final de semana é dominada pela população carioca que ama muito tudo isso!!!

Rio de Janeiro

Os carros são substituídos por bicicletas, pessoas, crianças

Calçadão Rio de Janeiro

As calçadas enchem de vendedores de produtos artesanais

Capoeira no Rio de Janeiro

Apresentações de capoeira

Os bairros aonde as orlas são fechadas nos domingos são: Copacabana e Leme, aterro do Flamengo, Ipanema e Leblon, Barra e Recreio.

Para você que vem de fora ou até mesmo para os moradores da cidade, recomendo utilizarem o serviço Bike Rio, que é muito pratico você paga R$ 5,00 para usar as bicicletas por 1 dia ou R$ 10,00 por 1 mês, já tem em toda a zona sul e está se espalhando por quase toda a cidade.

Bike Rio

Diversos locais para retirar a sua Bike Rio

.

3 | Noite animada na Lapa

A Lapa é realmente um ícone da boemia carioca. E não, não é só para turistas, os cariocas amam sim a Lapa e são frequentadores de carteirinha.

Arcos da Lapa

Os belos Arcos da Lapa

As Casas mais famosas e requintadas como o Carioca da Gema e Rio Scenarium ficam muito lotadas no final de semana. Recomendo que se fizer questão de conhecê-las, prefira os dias de semana, se não quiser ficar horas na fila esperando para entrar ou mesmo para comprar uma bebida no bar. Entretanto, isso é mesmo uma questão pessoal, eu com 18 anos, ficaria em filas por horas e horas amarradona!

Carioca da Gema

Fachada do Carioca da Gema

Lapa

Arte urbana típica do bairro da Lapa

Mas a Lapa de verdade para mim é a Rua Joaquim Silva, com um clima muito mais alternativo, que expressa esse ar tradicional da boemia e da malandragem carioca que todos esperam encontrar. E, além disso, é nela que fica o acesso à famosa Escadaria Selarón.

Escadaria Selarón

Escadaria Selarón à noite

O mais legal que pode se encontrar na Lapa é a mistura de tribos, se vê desde homens de terno até hippies, a democracia impera.

.

4 | Café da manhã no Parque Lage

O café da manhã no Parque Lage sempre foi uma tradição entre os cariocas. Na verdade o café mesmo nem é tão bom assim… Mas o ambiente do Parque Lage é tão incrível, que todos querem estar ali compartilhando dessa energia!

Café da manhã Parque Lage

Café da manhã na Parque Lage

O belíssimo palácio estilo romano com um átrio na parte central, e a sua água em um lindo tom esverdeado criam um ambiente convidativo.

Rio de Janeiro

Lindo átrio central

O palácio abriga também uma escola de arte e sempre estão expostas obras de arte que podem ser apreciadas gratuitamente.

Uma ótima opção é realizar um piquenique com a sua família nos belos jardins do parque.

Rio de Janeiro

Área externa do Palácio e seus jardins

Rio de Janeiro

Famílias realizando piqueniques nos jardins

Leia mais no POST: Um dia no Parque Lage

.

5 | Chá da tarde na Confeitaria Colombo

A Confeitaria Colombo é um clássico carioca, todos amam essa tradicional casa que tem uma arquitetura dos tempos da Belle Époque. Enormes espelhos de cristal emoldurados em madeira preenchem as paredes do salão principal e no teto um belíssimo vitral que chama muito a atenção.

Teto confeitaria Colombo

Lindo vitral no teto

Confeitaria Colombo

A bela Confeitaria Colombo

Além da casa tradicional localizada no centro, existe a filial localizada no Forte de Copacabana, que não é histórica, mas que oferece mesas e cadeiras com vista para a Praia de Copacabana.

Forte Copacabana

Forte de Copacabana

Os salgados são enormes, mas eu gosto mesmo é das saladas ou do pão Petrópolis. Embora os lindos doces sejam o forte da casa!

Doces confeitaria Colombo

Doces, hummmmm tentação…

6 | Trilhas e Mirantes

Existem tantas trilhas e mirantes com vistas de perder o fôlego na cidade do Rio de Janeiro, que o difícil mesmo é escolher uma só para fazer…

Para quem não está muito acostumado a realizar trilhas, recomendo começar por trilhas mais simples, como as da Pedra Bonita ou do Morro da Urca. Ambas têm uma vista estonteante e compensam o esforço. Especificamente na do Morro da Urca ao final existe toda uma estrutura, que é a mesma oferecida aos clientes do bondinho, sendo possível ainda assistir ao pôr do sol no final, dependendo do horário. Mas cuidado se não tiver condições de retornar no escuro.

Trilha Pedra Bonita

No início da Trilha da Pedra Bonita é possível ficar admirando o pessoal soltar de parapente

Trilha Morro da Urca

Trilha do Morro da Urca

Para os mais treinados recomendo a Trilha da Pedra da Gávea que tem um nível de dificuldade bem maior e dura 3 horas de subida e mais 3 de descida.

Outra trilha que está muito famosa é a da Pedra do Telégrafo, o grande lance dessa trilha é que ela tem uma pontinha, que dá a impressão de ter um barranco e as pessoas ficam lá como se estivessem penduradas, mas não tem barranco nenhum. Então, todos querem ir lá e ter essa foto também!

Se você for do tipo que não curte trilhas pode subir de bondinho o Pão de Açúcar ou ir de carro até à Vista Chinesa. Pode também simplesmente ir até o terraço do shopping Botafogo Praia Shopping!

Vista Chinesa

Vista Chinesa

Vista Chinesa

Vista da Enseada de Botafogo a partir do terraço do Botafogo Praia Shopping

Hoje em dia está muito na moda também trilhas ou mirantes que passem por comunidades, como é o caso da Trilha do Morro da Babilônia e do Mirante Dona Marta.

Rio de Janeiro

Di só curtindo a vista da Trilha do Morro da Babilônia

Mirante Dona Marta

Nascer do sol do Mirante Dona Marta – foto cedida por blog Apaixonados por Viagens

Enfim trilha é bom de qualquer jeito, com os amigos! Com os mascotes dos amigos, né Lu! Hehehehehe

Trilha Pedra Bonita

Trilha da Pedra Bonita com as amigas queridas blogueiras Cris do blog Cris pelo Mundo e Liliane do blog Apaixonados Por Viagens

35

Na trilha da Babilônia com a mascote mais querida de trilhas!!! A Malu (@aventuras.da.malu), filha da Lu (@aventurasdalu)

7 | Passear pelo bairro da Urca

A Urca… Como definir esse bairro… É um bairro totalmente diferenciado, parece que você saiu dos limites da cidade do Rio de Janeiro e se deslocou para o reino da calmaria e da paz!

Praia Vermelha - Rio de Janeiro

Chopin na Praia Vermelha

A região da Avenida Pasteur aonde existem faculdades, quartéis, no final a bela Praça General Tibúrcio com o acesso ao bondinho do Pão de Açúcar, acesso à Pista Cláudio Coutinho, e a Praia Vermelha, é a mais agitada do bairro, entretanto, comparado com os outros bairros do Rio de Janeiro, é bem calmo ainda.

Praça General Tibúrcio

Praça General Tibúrcio

Praça General Tibúrcio

Mais uma da bela Praça General Tibúrcio

Passada essa área principal, é só tranquilidade e charme. A maior característica é a sua mureta contornando praticamente todo o bairro, que separa continente da Bahia da Guanabara.

Seguindo pela mureta você passa por vários pontos de interesse, logo no início um dos pontos mais famosos é a área conhecida como a “Pobreta da Urca”, local aonde existe um bar e é perfeito para assistir o pôr do sol.

Outra parada comum é na antiga Rádio Tupi, aonde fica a Praia da Urca, que não é muito boa para banho, mas tem um ar muito gostoso e alguns restaurantes.

Praia da Urca e a Rádio Tupi

Praia da Urca e a Rádio Tupi

Seguindo adiante vá curtindo a paisagem, o sossego, as belas casas clarinhos com suas flores e alguns pássaros ou bichos aqui e ali.

Rio de Janeiro

Paisagens lúdicas

Rio de Janeiro

Belas casas

Próxima parada famosa, Bar Urca. Restaurante famoso, que tornou célebre a mureta da Urca, pois a fila de espera do restaurante era sempre tão grande que tomava grande espaço da mureta, enquanto as pessoas esperavam tomando cervejas geladas e comendo pasteis e empadas.

.

8 | Niterói

A vizinha Niterói não faz parte da cidade do Rio de Janeiro, mas você com certeza não pode perder a oportunidade de dar um pulinho na cidade sorriso, apelido carinhoso que recebe a cidade como me contou minha amiga Alexandra. Até mesmo porque de lá você tem vistas incríveis do Rio de Janeiro e praias belíssimas.

Niterói

Não deixe de visitar o Parque da Cidade, o Museu de Arte Contemporânea, as belas praias como Itacoatiara e a agitada orla com diversos restaurantes como a da Praia de São Francisco.

Niterói

Niterói

9 | Parque das Ruínas

O Parque das Ruínas é um antigo palacete que foi residência de Laurinda Santos Lobo, uma dama da sociedade carioca que amava as artes e costumava reunir muitas figuras da intelectualidade e da arte brasileiras, como Villa Lobos, Tarsila do Amaral, João do Rio e Isadora Duncan realizando saraus refinados.

O Parque das Ruínas

O Parque das Ruínas

O Parque das Ruínas

O Parque das Ruínas

Melhores vistas do centro da cidade

Atualmente o palacete foi revitalizado, recebendo estruturas metálicas e de vidro, formando um charmoso conjunto. Excelente para ensaios fotográficos e para a realização de eventos.

Diana

Excelente para ensaios fotográficos

Quando recomendo o Parque das Ruínas, na verdade estou recomendando que você curta um pouco do bairro de Santa Teresa. Um bairro com castelinhos e mansões antigas, ateliês, restaurantes, vistas, um bairro com suas particularidades e muita originalidade.

Santa Teresa

Santa Teresa e suas peculiaridades

Um dos grandes atrativos de Santa Teresa, além das vistas, por ficar num nível mais alto, sempre foi por ser o único bairro ainda ter bonde em funcionamento, que era uma atração. Mas aconteceram acidentes e hoje o bonde está sofrendo reformas, em breve você poderia aproveitar também essa atração.

Recomendo que você passeie um pouco pelas suas ruas, veja suas artes e como em alguns dos seus restaurantes. Recomendo alguns:

Bar do Mineiro

O Bar do Mineiro

Restaurante Térèze 

Aprazível

.

10 | Rio antigo

O Rio Antigo é cheio de cultura e prédios históricos. Vale muito a pena passar um tempo passeando pelo centro antigo do Rio. O seu roteiro pode iniciar pela Cinelândia, no Teatro Municipal, seguindo pela Primeiro de Março até a Igreja Nossa Senhora da Candelária. Passando pelos Arcos do Teles, Centro Cultural do Banco do Brasil, Paço Imperial e Rua do Ouvidor que era o grande centro comercial.

Teatro Municipal do Rio de Janeiro

O Teatro Municipal

O Palácio Tiradentes

O Palácio Tiradentes

Centro Cultural do Banco do Brasil

 Centro Cultural do Banco do Brasil

Igreja Nossa Senhora da Candelária

Igreja Nossa Senhora da Candelária

Rio Antigo

Lindas casinhas antigas

Enfim, vale muito a pena contratar um tour histórico para conhecer de maneira mais detalhado a história e cultura do nosso povo durante o período imperial, era dourada do Rio de Janeiro.

Espero que tenham gostado das dicas! Seguem os meus contatos, caso tenham alguma dúvida:

Blog | Histórias da Di

facebook.com/historiasdadi

instagram.com/historiasdadi

Beijos da Di.

About The Author

SealBag | Criado por pessoas que viajam!

Related posts

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *